SOMOS

Add to Technorati Favorites

•Jayme:

Alguém de quem você provavelmente não vai gostar. Nasci como uma pessoa normal e cheguei até minha querida mãe no lombo de uma cegonha. Depois disso também vivi como uma pessoa normal... digo, exceto por... aquele dia... ah, maldição. Por que fui lembrar daquele dia?? Não quero mais falar sobre isso.

•André:

Quieto. Calado. Essas coisas sabe? Falo bem menos do que meu colega acima e creio que essa já seja uma premissa razoável para a compreensão de minha pessoa.



•Explicamos a você...

Sobre o que diabos é este blog: É de senso comum o fato de que a humanidade anda de mal a pior. Guerras, fome, peste, maremotos e a volta dos Backstreet Boys são provas concretas de tal fato. Um nobre amigo, aliás, chegou a sugerir que o homem era o lobo do próprio homem. E não, esse amigo não era a Pitty. Assim, após alguns dias de consideração, enquanto descansava no vaso-sanitário comunitário de meu prédio, também conhecido como "troninho", percebi que num dia próximo enfrentaremos toda a cólera do juizo final e encararemos o inevitável ragnarok de frente, e quando tal dia chegar, todos estaremos condenados. Bem sei que nada podemos fazer para impedir a guerra, a fome, a peste e os maremotos. Digo, até podemos... mas tudo isso daria um bocado de trabalho e levaria muito tempo. E queremos evitar a fadiga. Mas estou certo de que podemos impedir que você compre algum novo cd dos Backstreet Boys, ou qualquer coisa que o valha, por isso Mandamos Você consumir os nossos próprios ícones da cultura pop. Prestem atenção ao que dizemos e suas almas serão salvas... ou não. Mas não custa tentar, não é?

•Mandei clicar...

Dios Mio
N e c r o s i s
Mandamos no Orkut!



•Histórico

Arquivo



CLIQUE E VERÁS



E se comporte, heim!

|Sábado, Fevereiro 07, 2009|






Mandamos Você ir lá!





André mandou, não pediu! 3:18 PM



______________________________________________



|Segunda-feira, Fevereiro 02, 2009|



Fim

Olá, queridos cinco (sim, apareceu mais uma!) leitores, como vão vocês? Felizes?

Se felizes vocês estão, esperem um minuto, ficarão ainda mais. Isso porque anuncio que nossa nefasta parceria com a Globo.com finalmente se encerrou.

Sim, sei que todos nós sentiremos falta da dificuldade que temos para postar aqui, do completo abandono que a página do Blogger sofre, do limite de 6mb de material postado, imposto àqueles que não querem pagar para ter um serviço que é encontrado gratuitamente por toda internet e, principalmente, de ter um template bacanudo e estiloso como este. Mas, sugiro que se controlem... Há coisas muito piores por aí, como a súbita ascensão do palmeiras, o lançamento de "E Se Eu Fosse Você 2" e o corte de cabelo de André, o aborígene.

É verdade que passamos por anos atribulados neste blog, que já morreu e voltou à vida mais vezes que um zumbi (criaturas bacanas, de quem já falamos em posts anteriores), todavia, estamos mudando para algo melhor, estamos criando algo antes inimaginável, algo que virará suas cabeças do avesso (metaforicamente falando)... Refiro-me ao MESMO BLOG, NUM ENDEREÇO DIFERENTE!!

Sim! Não é fantástico? Aposto que vocês nunca imaginaram que eu diria algo semelhante.

Pois, digo mais, o Mandamos Você está migrando para o Wordpress, onde blogs ainda existem, onde podemos escrever as mesmas asneiras de sempre, onde poderemos brigar com um sem número de pessoas novas, onde todos poderão deixar insultos dirigidos a minha pessoa e, o mais importante, onde poderei caçoar um pouco mais de meu nobre amigo André, o celibatário.

Assim, apresento-os o novo, o singular, o mesmo-de-sempre: Mandamos Você... (e estou mandando-os clicarem no link).

Capisce?



Jayme mandou, não pediu! 11:43 PM



______________________________________________



|Quinta-feira, Janeiro 29, 2009|



THIS IS CÁGADO!!!


Olá nossos queridos quatro leitores. Sim, porque, além de eu me considerar também um leitor querido, descobrimos que temos outra leitora, essa tímida, a Ellen!!! Poxa, eu me sinto sufocado desse jeito, muita pressão...

Mas eu não vim aqui falar disso, esse era pra ser um post rápido, mas precisa de uma introdução. Ficou nacionalmente famosa a cena, ocorrida semana passada, do ataque de um cágado (uma tartaruga de água doce - quem disse que notícias bizarras não trazem cultura?) à pomba em um famoso parque da capital gaúcha. Se vocês forem como meu nobre colega de blog, devem viver alheios a qualquer notícia sobre o que acontece com outros seres e, portanto, nem devem saber dessa história do triste fim da pomba.

Se vocês quiserem mais informações, é só clicar AQUI e, se tiverem coração forte, ver o fato in loco:



É, fudeu.


Recepção da falecida no outro mundo



André mandou, não pediu! 1:05 AM



______________________________________________



|Domingo, Janeiro 25, 2009|



Vamos falar sério


Olá Andréia e Jayme, tudo bom? Hoje tenho uma conversa para ter com vocês.

Eu já havia comentado com o Jayme sobre a nosso retardo internético ao permanecer no Blogger. Muito pouco a oferecer para nós e aos leitores, principalmente no que condiz ao fato de facilitar a postagem de conteúdo e a propagação do blog.

Embora nossas pretenções nunca tenham sido muito grandes, acredito até pelo fato de ficarmos limitados ao blogger, ficar escrevendo ao vento quando eu vejo muitos blogs por ai de acéfalos escrevendo merda, me parece um desperdício gigantesco. Por isso decidimos que já estava mais do que na hora de sair daqui para chegar a um lugar melhor, e esse lugar já é bem famoso:


Habemos Chester


Na questão de mudanças, elas vão ser grandes especialmente para nós dois que escrevemos aqui. Não vamos mais ter desculpas para nos esconder do resto do mundo, especialmente porque neste nosso atual blog não tem como passar o link individual de cada post. Ou seja, fica dificil indicar a alguém, sempre era preciso dizer, "vai no site e procura o post do dia tal". São pequenas coisas que nos faziam permanecer na cômoda posição de marasmo.

Portanto, o primeiro passo foi dado. O blog foi criado e é provável que até o fim do mês, no máximo primeira semana de fevereiro, estaremos lá por completo. Mas até isso, continuamos aqui enchendo o saco de vocês. Vamos tentar a mudança, vai que dá certo?

Mandamos Vocês adicionarem nos seus favoritos nosso novo-futuro endereço, mandamosvoce.wordpress.com, e assim que a casa nova estiver pronta e arrumada, avisaremos e nos encontraremos lá;-)



André mandou, não pediu! 3:12 PM



______________________________________________



|Domingo, Janeiro 18, 2009|



Sentimentos mutantes


Cute, cute!!!



Snif, snif.

Fóda.

PS: A pedido do Jayme.

PS2: Tem mais alguém aí???



André mandou, não pediu! 6:15 PM



______________________________________________



|Quarta-feira, Janeiro 14, 2009|



2009 em pé de guerra

Olá argutos leitores! Como vão vocês? Felizes?

Antes de tudo, devo desejar um feliz ano novo a você e a toda sua família, inclusive àquele tio chato que você só vê uma vez por ano e com quem decidiu cortar relações depois de ter ganhado uma meia no amigo secreto natalino, pois um par de meias é aceitável... Uma meia, entretanto, é uma ofensa à honra e aos bons costumes (a não ser, é claro, que você, leitor, seja um saci).

Pronto, agora posso continuar o que eu deveria ter feito há muito tempo. Postar por aqui.

Fato é que minha demora é justificável... E se não puder ser justificada ela é, no mínimo, compreensível.

Entendam, estive ocupado com minha própria vida. E desde que Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua, não me sinto obrigado a revelar-lhes o que diabo estive fazendo durante minha ausência deste maravilhoso blog. Simplesmente peço que vocês, alcoviteiros leitores, cuidem de seus próprios umbigos, pois do meu, já cuido eu.

Aliás, já que toquei no assunto, falemos um pouco mais de gente que gosta de cuidar do que não deve. Falemos de cidadãos paulistanos que administram passeatas contra a recente onda de violência praticada por Israel contra habitantes de Gaza. Sim?

Não me entendam mal... É óbvio que protestos contra qualquer atrocidade (como guerras, conflitos e afins) são, e devem sempre ser, válidos. O que contesto neste abandonado blog é, entretanto, a validade das informações de quem se envolve em tais passeatas e protestos. Há quem diga que nunca viu tal horror, que Israel mata e aniquila criancinhas simplesmente por apreciar vê-las sofrendo, que os integrantes do Hamas estão acuados e desesperados no conflito desproporcional, que Israelenses andam assassinando até as tartarugas de estimação dos árabes e que alguns soldados substituíram partes de seus corpos por peças tecnológicas, transformando-se em ciborgues sanguinolentos... E quase tudo isso é verdade. Quase.


Agente israelense fantasiado de mulher, captura árabe inocente


Bem, as primeiras questões são: seriam árabes, habitantes da faixa de gaza, assim tão inocentes? E os mísseis lançados contra Israel durante anos, em nada prejudicaram os cidadãos do país? E em conflitos anteriores, o ódio, o revanchismo e a sede de sangue não eram idênticos a este? Aliás, do que difere este conflito, entre Israel e Hamas, a invasão dos E.U.A. ao solo iraquiano? Simples, enquanto Israel matou centenas de civis, os bravos soldados estadunidenses chegaram a assassinar 75 pessoas por dia em 2006, número que caiu para apenas 25 pessoas por dia em 2008. E quantas passeatas pararam a avenida paulista durante anos de invasão estadunidense?

Mulheres e crianças sempre morreram e sempre morrerão em tempos de guerra, é o que quero dizer. Tal como morrem soldados, mensageiros, motoristas e construtores civis, tal como morrem seres humanos. O que questiono, portanto, não é o protesto contra os malefícios da guerra e da natureza humana. Mas, sim, o protesto mal informado, o protesto feito em salão de beleza, ou sentado ao balcão da padaria. Esses protestos, supérfluos e ignorantes, de nada valem. Afinal, de que adianta reclamar de um grupo de gente que vive no oriente médio e se mata há milênios? Qual a razão disso? A situação dos conflitos se alterou porque um sujeito ensandecido queimou uma bandeira judaica no meio de uma avenida brasileira? Não. Não mudou.

Onde estavam os protestantes de boteco durante as guerras do congo (que só teve o número absurdo de mulheres estupradas revelado em 2007), as passeatas contra o atentado paquistanês em solo indiano (no ano passado), os defensores árduos de uma política humanista para o Senegal, cujos habitantes (alguns... óbvio) passaram a sequestrar navios petroleiros e exigir resgate para serem capazes de sobreviver, ou os protestantes de padaria que defendiam ajuda ao Mianmar, mas nada sabiam da ditadura existente no mesmo país? Onde? Passeando por aí, provavelmente.

É por isso que mando vocês lerem, antes de organizar passeatas frugais, mas, se preferirem evitar a fadiga, mando vocês cuidarem de suas próprias vidas porque, nesse caso, sua falta não é sentida.



Jayme mandou, não pediu! 3:58 PM



______________________________________________



|Segunda-feira, Dezembro 29, 2008|



Que se exploda 2008


Modo TV = on

Olá amigos da rede Bobo!HHHHHHHHHHHHHAAAAAAAAAAAAAAAAJA coração para enfrentar esse ano que está acabando! Coisa pra cardíaco! Mas sobrevivemos, seja pela reta curva de Mônaco em que Rrrrrrrrrubinho correu pela última vez, seja pela ida do fenômeno Rrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrronaldo para o timão paulista, esse ano com certeza reservou um lugarzinho no coração da gente... de cada brasileiro. Afinal de contas, 2008 é o ano, e como diria o grande sábio jogador do Matonense, Sertãozinho e Guajuviras de Embiuva, Nestorzinho, "ano que vem é outro ano!"!

Alô Maceió, alô alô Porto Alegre, alô São Paulo, alô Rio Preto, alô Brasil! O jogo só acaba quando termina, amigos! Não é mesmo Arnaldo César Coelho, sentado aqui ao meu lado, um dos maiores árbitros do país, já apitou Copa do Mundo, já chegou ao máximo onde um juiz pode chegar, não é?

Vai pro inferno, Galvão.

Éééééééé amigos, é jogo de campeonato! Vamos então curtir todas as emoções do último post do Mandamos Você neste ano que se finda!

Modo TV = off

Então leitores, tudo bem? Final de ano é um momento bem propício para fazermos uma retrospectiva, certo? Pois bem, eu não vou fazer uma. Eu prefiro guardar para um momento de ócio criativo! Portanto, embora estejam todos vocês de férias, nós aqui traremos conteúdo novinho e inédito para todos vocês! E mais, nem vamos falar sobre Natal ou Ano Novo, vai ser algo bem diferente de reportagem do Jornal Nacional! Vamos falar deeeeeeee...............

...

Ahhhhhhhhhhhh, deu uma preguiça agora, sabe??? Fim de ano, férias, show do Roberto Carlos, chocotones, essas coisas nos dão uma coisa tão diferente, tão especial, tão confortável:

Desculpa para ser preguiçoso!




Mandamos Vocês voltarem aqui em 2009 e, se quiserem, que tenham um bom final de 2008.


Eu já tô de férias



André mandou, não pediu! 5:36 PM



______________________________________________



|Domingo, Dezembro 21, 2008|




Mandamosvocê ter um feliz natal



Jayme mandou, não pediu! 7:16 PM



______________________________________________



|Domingo, Dezembro 14, 2008|



Fome dos Infernos?

Você, inebriante leitor, sofre a cada refeição? Você, como eu, mora só e é dominado pela preguiça toda vez que tem de fritar um ovo, apelando para o macarrão instantâneo em 6 dos 7 dias da semana? Não? Bem, aí é problema seu.

Isso porque mandarei algo que promete acabar com os anseios daqueles que sentem-se apequenados pelos opressivos poderes da culinária moderna. Algo que promoverá progresso na vida daqueles que cozinham para si mesmos, na vã esperança de não queimar o arroz. Refiro-me ao Larica Total.


Carisma nato. Preciso comentar algo mais?


Apresentado por Paulo Tiefenthaler, que assume a alcunha de Paulo de Oliveira, Larica Total é um programa de culinária para os incautos, para aqueles que gostariam de saber cozinhar, mas não sabem como, daqueles que sabem como, mas não gostariam e, o mais importante, daqueles que tentam impressionar alguém com seus dotes. Culinários.

Apresentado no Canal Brasil, todas as sextas-feiras, no insano horário de 00:30, Larica Total apresenta ao espectador uma série de técnicas culinárias de gente solteira e preguiçosa, assando queijos de palito diretamente nas chamas do fogão, produzindo molho para frango com catchup e mostarda e misturando produtos da xepa para a produção de um yakissoba baratíssimo. Vários episódios, entretanto, podem ser encontrados no youtube (nosso caro colaborador) e, outros, estão disponíveis no site do programa (www.laricatotal.com.br, copie e cole no seu browser, fiquei com preguiça de colocar os códigos aqui).

Mas, não aceite minha palavra, veja por si mesmo:





É por isso que mando você descobrir o Larica Total e finalmente aprender a cozinhar. Capisce?



Jayme mandou, não pediu! 6:57 PM



______________________________________________



|Quinta-feira, Dezembro 11, 2008|



Para bom entendedor...






André mandou, não pediu! 2:40 PM



______________________________________________



|Sexta-feira, Dezembro 05, 2008|



Utilidade pública!


Olá criaturinhas, tudo bão?

Já faz um bom tempo desde que eu fiz isso pela última vez, acho, inclusive, que a última vez nem foi aqui, foi lá no meu falecido/adormecido blog, então, rufem os tambores, parem as máquinas, me achem um bom livro de chavões, são os melhores 5 links do universo, só pra você:

1. O poder da FORÇA!

Se tu achavas que toda aquela história de "may the force be with you" era balela e que o George Lucas fumou muito na década de 70, reveja os seus conceitos:



Garanto que muitos já tiveram sonhos parecidos com essa situação depois de uma bela noitada.

Vi no Chongas.

2. Ordem do dia.

Tu pode até querer namorar um dinossauro, tudo bem, mas se for querer criar um bichinho menos convencional, eis algumas dicas:



Vi no Ultra Lafa.

3. Mais um vídeo...

Tem gente que já instalou lança-chamas embaixo do carro para se proteger de assaltantes, ou então outros que deixam pequenos e inofensivos pit-bulls dentro do carro por segurança, mas nada tão sutil quanto esse abaixo:



Vi no Xpock.

4. Ah, publicidade.

Em um meio lotado por comerciais toscos e grotescos como os da Kaiser, Casas Bahia e a filha da Glória Pires com sua pele de veludo (???), um comercial se destacar por sua simplicidade e originaldiade, deve ser lembrado:



Ficou bom heim? E nem precisou plagiar nenhum outro comercial.

Vi no Brainstorm#9.

5. Mortes.

Mortes patéticas. Sempre bem-vindas:







Vi aqui, aqui e aqui.


Então, já mandou alguém hoje?

PS: Fudi com a diagramação do post!



André mandou, não pediu! 1:32 PM



______________________________________________



|Terça-feira, Dezembro 02, 2008|



Mais uma dos indianos




Thriller


Thriller indiano



Ou será que é ao contrário?



Jayme mandou, não pediu! 3:36 PM



______________________________________________



|Domingo, Novembro 30, 2008|



And the promisse of the truth



Tico Santa Cruz acredita em extraterrestre e pede para andar de disco voador



"Dentre as teorias de Tico, está a de que os humanos não fazem parte do planeta Terra e nossa espécie é como um câncer, destruindo o planeta, por conta do comportamento destrutivo."

Não, não. Não são ET's disfarçados, são os fãs dele mesmo.



André mandou, não pediu! 3:31 PM



______________________________________________



|Quinta-feira, Novembro 27, 2008|



O Bom e Velho Ricardo Queijo

Olá, meu povo e minha pova! Como vão vocês? Felizes?

Cá estou mais uma vez, apesar dos esforços que a globo.com faz para nos enxotar deste blog, para apresentar-lhes algo velho, algo que cheira a mofo, algo que todos já deveriam conhecer, se é que ainda não conhecem. Refiro-me a Richard Cheese & Lounge Against The Machine. Sim, escrevi "lounge"


Vem, neném. Gravata borboleta e estilo puro.

Vocês, informados e inexistentes leitores que são, já devem ter visto inúmeros filmes cujo pano de fundo é a cidade de Las Vegas, com Cassinos, mulheres da vida e André, o gigolô. Alguns, quiçá, já devem ter visitado a tal infernal capital. Pois bem, lounge é a música que tocam nesses lugares. Nem todos, é verdade... alguns preferem ouvir Vitor e Leo, ou coisa do tipo. Mas é com as Big Bands de Lounge que se constrói a mis-en-scene de um cassino de Las Vegas.

Dito isso, devo afirmar o óbvio, e não me refiro à opção sexual de André, o misógino. Afirmo que Richard Cheese é um músico de lounge music. Mas não é qualquer músico de lounge vestido num terno com estampa animal, não. Richard Cheese é o músico de lounge vestido num terno com estampa animal. Isso porque desde 2000, em 7 cds diferentes, Richard Cheese & Lounge Against The Machine transmutam canções de inúmeros estilos e tendências, em canções alegres, peraltas, dignas de qualquer com gana de vestir um terno com estampa animal. Ele transforma canções normais, em singulares obras Lounge.

Canções como Yellow, do Coldplay; Beat It, de um sujeito macho, chamado Michael Jackson; Closer, do Nine Inche Nails; Shake Ya Ass, do Mystikal; Welcome To The Jungle, do Guns'n'Roses; entre outras, ganharam suas versões bacanudas em cds com nomes igualmente fantásticos, como: "I'd Like a Virgin", "The Sunny Side of the Moon", "Tuxicity" e "Aperitif for Destruction".

E é por ser Richard Cheese um sujeito que há tempos transforma água em vinho, que mando vocês conhecerem Richard Cheese e, quem sabe, adotarem o Lounge, não só como estilo, mas como meio de vida. Para acessar o myspace da banda basta clicar aqui.



Jayme mandou, não pediu! 2:58 PM



______________________________________________



|Quinta-feira, Novembro 20, 2008|







Porque se você ainda não conhece Gnarls Barkley, não merece meu respeito.



Jayme mandou, não pediu! 6:15 PM



______________________________________________